Novidades e conteúdo A Casa!

(21) 3256-5589

(21) 99702-0000

acasafotoarte@gmail.com

www.acasafotoarte.com

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon

CORPO EM IMAGEM

O curso visa traçar um panorama de trabalhos que articulam ações do corpo que potencializam a fotografia. A partir de ampla apresentação de imagens de artistas serão aproximadas leituras para complementar e aprofundar questões trazidas pelos artistas. A presença do corpo do artista que potencializa a imagem artística. Pensar como esta potência ocorre, em um momento após a drástica mudança do estatuto do autor, onde não mais este é dotado de unicidade e inspiração, mas sim como contingência no mundo. Como uma imagem construída, idealizada e projetada por um artista, se mostra potente na medida em que apresenta fraturas, paradoxos, algo que transpassa as intenções iniciais, assim como Duchamp define o coeficiente artístico, da “relação aritmética entre o que permanece inexpresso embora intencionado, e o que é expresso não intencionalmente”, uma imagem fenomenológica. Como esta imbricação entre corpo e imagem resulta em experiência sensorial e intelectual ao espectador. Alguns dos artistas que serão apresentados são Bas Jan Ader, Francesca Woodman, Pope L., Regina Jose Galindo, Ayrson Heráclito, dentre outros que a partir do diálogo se tornem necessários. Será facultado aos alunos que tragam seus experimentos visuais ou ensaios caso queiram compartilhar e coletivamente conversarmos sobre possíveis caminhos.

 

ENCONTRO 1- Introdução às questões do curso, a artistas e teorias seminais.

Apresentação de artistas para pensar a noção de autoria. Como um artista como Bas Jan Ader não pode ser visto como um autor tradicional, em um sentido do autor de uma expressão, mas também não pode ser lido como um artista estritamente conceitual. Será introduzida a noção de experiência que permeará todo o conteúdo dos quatro encontros.

 

ENCONTRO 2- Sobre corpo; apresentar artista cuja dimensão de presença de corpo é explicita em seus trabalhos. Artistas históricos e contemporâneos.

Da body art ao Grupo Empreza, passando por Tunga.Possibilidade de trazer um artista que trabalha nestes termos para apresentar sua produção.

 

ENCONTRO 3- Imagem-experiência. Pensar a dimensão de experiência a partir da fotografia. A Fenomenologia nos anos 60 inspirou um grande número de trabalhos que se desenvolviam no espaço, mas será que a fotografia não pode ser aproximada a muitas destas questões? Man Ray e montagens surrealistas e Dada, Land Art, Yves Klein em Leap Into the Void. Fotografia construìdana contemporaneidade.

 

ENCONTRO 4- Questões de alteridade. O outro e como lidar com ele. Relações de troca, a utilização do trabalho ou da imagem do outro. Critica ao sistema ou endossamento dos sistemas de exploração? A atualidade e necessidade destas discussões no momento atual. Discussão da produção e desenvolvimento dos trabalhos dos alunos. Arte e lutas sociais; feminismo, movimento negro, (de/des/pós)colonialidade.

 

Tópicos- autoria, performancesencenadas, imagens construídas, imagem-experiência

 

 

Catálogos de artistas

BATAILLE, Georges: História do olho.Titulo original: Hisioire de l'oeil Tradução: Eliane Robert Moraes. Cosac Naify,São Paulo,2003

 

______.O erotismo.Tradução de Antonio Carlos Viana. — Porto Alegre , Ed. L&PM, 1987.

 

BARTHES, Roland. A Câmara Clara. Nota sobre a fotografia.Rio de janeiro, Nova Fronteira, 1984.

27/01

Carga horária: 12h

Segundas | 18h30 às 21h30 - 4 encontros 

Investimento: R$ 490,00